Como é possível fomentar a inovação nas empresas tradicionais?

6 minutos para ler

Competitividade. Podemos dizer que esse termo é um dos maiores motivadores para que as empresas tradicionais saiam da sua zona de conforto e busquem métodos que as levem a se destacarem no mercado. É necessário que elas entendam que a busca pela inovação deve ser incessante, por ser um dos pontos principais para que estejam em constante transformação e evolução.

A inovação nas empresas é uma metodologia eficaz para que as instituições alcancem o espaço tão almejado no mundo dos negócios. Essa renovação deve ser obtida por meio de diversos recursos, como tecnológico, humano, orçamentário etc. O segredo do sucesso inicia por aí.

Quer saber como preparar bem a sua empresa para a competitividade ao implementar inovação? Então, continue lendo este artigo!

Veja como é possível fomentar a inovação nas empresas tradicionais

Podemos afirmar que é plenamente possível investir em inovações nas instituições que ainda têm um perfil tradicional mesmo dentro de um contexto mercantilista que já se globalizou há algum tempo. Realizar uma mudança paradigmática no status quo de uma organização que utiliza processos, até certo ponto, ultrapassados, depende, a princípio, de uma visão clarificada abrangente da importância e da precisão de inovar.

Posto isso, fica evidente que é indispensável que os gestores estejam dispostos a buscar profissionais altamente capacitados para a instalação de recursos e procedimentos que visem crescimento nas práticas de gestão assertiva, para coletar respostas positivas que impactem os resultados do negócio.

Observe como realizar esse implemento

Nos últimos anos, as startups têm sido um grande exemplo de disrupção tecnológica e, com isso, vem estimulando investimentos grandes nas companhias. Dessa forma elas desfrutam de benefícios que são recebidos por consequência de ambientes menos burocráticos, que tornam favorável a criatividade e agilidade. São estratégias que apostam na transformação digital para garantir uma posição de destaque no mercado.

É observado a criação de duas estratégias principais nas grandes corporações para fazer frente a esse ambiente digital altamente competitivo. O primeiro é a criação de células de trabalho dentro da companhia. O setor de tecnologia, por exemplo, deixa de ser uma área isolada e seus profissionais são distribuídos entre as áreas de negócio. Isso estimula a inovação por meio de novas plataformas em todas as áreas da companhia e provoca sinergia entre as equipes de negócio e as equipes de TI (Tecnologia da Informação).”

Disse também que: “outra opção é criar uma pessoa jurídica com cultura e estrutura similar à das startups para desenvolver inovações. Aqui, o objetivo é crescer rápido e, se tudo der certo, a nova empresa pode absorver a antiga. É a inovação da startup com a garantia da estabilidade financeira da corporação. Agora, a pandemia trouxe um outro elemento extremamente relevante para essa equação. Para reter talentos, é preciso investir em uma cultura organizacional voltada ao aprendizado contínuo e que encorajem os feedbacks.”

Ressaltou ao afirmar que: “a verdade é que a inovação saiu do software de hardwares. É agora a parte definitiva da cultura organizacional promovendo mudanças comportamentais em todos os níveis da empresa. Serve para atrair os melhores profissionais e, também, para estimular a produtividade e a criatividade na companhia.”

Perceba alguns desafios que as inovações oferecem para as empresas tradicionais

Aderir às inovações que o mercado atual faz uso de forma contínua e intensiva, chega a ser um desafio significativo para as organizações que ainda têm os seus processos um tanto distantes da realidade que o mercado vive atualmente. Para que a “vida” dessas instituições sejam realmente transformadas é fundamental enfrentar alguns desafios.

Falta de investimento

A condição orçamentária ainda é uma das justificativas frequentes que organizações relatam para a falta de investimentos em inovação e, com isso, encontrar meios que agreguem valores significativos para as atividades de rotina dos processos. Em certas organizações, o fluxo de caixa do negócio é apenas para manter o empreendimento em andamento e alguns custos que não promovem um alavancamento grandioso na organização.

Visto isso, vale ressaltar que investir em projetos inovadores, podem dar um retorno orçamentário elevado, ganhar espaço considerável no mercado, além de elevar substancialmente o seu employer branding. Esses resultados podem ser a curto, médio ou longo prazo. Portanto, o ideal é investir agora.

Medo de arriscar

Para dar os primeiros passos para o sucesso, é fundamental que se tenha ousadia, informações e conhecimentos que possam auxiliar em todos os procedimentos inovadores do negócio. O medo de arriscar é um “fantasma” que talvez possa trazer insegurança, desconfiança e outros adjetivos negativos que provocam temor ao investir em inovações e tecnologias de ponta.

Amadurecimento empresarial

No que se refere às empresas tradicionais, um dos maiores motivos de permanecerem no método antigo é o amadurecimento empresarial pouco desenvolvido que leva à resistência da adesão à inovação. Ainda existem empresas que não confiam em todo o ciclo desse recurso, e esse motivo prejudica a conquista de bons resultados. Certas empresas tradicionais sentem-se incapazes de se tornar totalmente modernas e prontas para a competitividade .

Dúvida nos resultados

A insegurança que aflora as organizações tradicionais faz com que elas quase que paralisem ou desistam de inovar, com receio de que não consigam alcançar o patamar que pensavam conquistar ao investir em elementos que prometem crescimento contínuo.

É importante destacar que, os recursos tecnológicos e estratégias de gestão fazem com que muitas startups se desenvolvam com muita agilidade e em pouco tempo possam apresentar resultados de crescimento e produtividade surpreendentes.  

Como percebemos, as instituições tradicionais podem ser plenamente ajustadas e renovadas por meio de novos investimentos e ações que promovam desenvolvimento. A inovação nas empresas pode ser implementada por processos bem estruturados, como investir em intraempreendedorismo, o envolvimento de toda a equipe, capacitação dos colaboradores, conexão com o ecossistema para fazer transformação de alto impacto e cadastro para receber gratuitamente atualizações quinzenais sobre as verticais de sua preferência. 

Com quase 65 anos de atividade no mercado brasileiro, a IRKO atua junto a empresas nacionais e multinacionais de diferentes portes e segmentos. Contamos com, aproximadamente, 400 colaboradores em nossas diversas operações e empresas, atendendo mais de 600 clientes.

Nossas operações em São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro oferecem um leque de serviços em Outsourcing e nossa empresa IRKO Hirashima, com sede em São Paulo, oferece serviços em Consultoria e Auditoria. O Grupo Irko é associado da SMSLatinoamérica, rede credenciada junto ao Fórum das firmas do IFAC.

Você achou este artigo útil? Então, o que acha de compartilhá-lo nas suas redes sociais? Fazendo isso, nós poderemos ajudar muitas empresas a se posicionarem melhor no mercado. 

Posts relacionados

Deixe um comentário