Finanças 4.0: como se preparar para essa nova era?

7 minutos para ler

Em tempos de transformação digital, em que o mundo físico e o mundo virtual se tornam ainda mais próximos, o surgimento de novos padrões, conceitos e tecnologias vem transformando a realidade das pessoas e, principalmente, das empresas. Diante desse novo cenário, por exemplo, muito tem se discutido a respeito das finanças 4.0 e como esse conceito impactará a realidade dos negócios.

Por se tratar de um tema relativamente atual e que tem íntima relação com outros conceitos já bastante difundidos, como Indústria 4.0, Blockchain, Internet of Things (IoT), Big Data, Inteligência Artificial e tantos outros, vale muito a pena se inteirar também a respeito das finanças 4.0.

Para ajudar você a compreender melhor esse termo e os seus impactos, entrevistamos a Vanessa Vale, Diretora Financeira Clientes da Irko, que se encarregou de esclarecer os principais pontos sobre esse assunto tão atual. Continue a leitura e confira!

Finanças 4.0: entenda um pouco mais sobre esse conceito

Finanças 4.0 pode ser compreendido como o processo de transformação digital pelo qual uma grande parcela das empresas tem se deparado. Esse processo oficializa a entrada de novas tecnologias no mercado de trabalho, dinamizando a forma como negócios e clientes se relacionam, como as rotinas administrativas e operacionais são executadas e, principalmente, como a inovação passa a integrar a realidade dos negócios.

De forma prática, essa transformação tecnológica por qual todo o mundo passa visa otimizar os processos e garantir a continuidade dos negócios que pensam no futuro, que se preparam para os novos padrões e exigências do mercado, buscando se manter competitivos, lucrativos e em constante crescimento.

Finanças 4.0 é apenas um dos diferentes reflexos gerados pela transformação digital e pela aproximação da tecnologia com os processos e rotinas empresariais. Na era dos dados e na tomada de decisão baseada em análises, esse conceito marca o início de uma evolução na gestão financeira dos negócios, em que tarefas manuais, burocráticas e repetitivas abrem espaço para a automação, softwares, análises e predição.

Os impactos desse conceito na atualidade

Diversas transformações já estão acontecendo, mas não é somente a indústria que será impactada pela inovação e, sim, todos os setores do mercado de trabalho. Como reflexo dessa realidade, tem-se o aumento da produtividade, a redução dos custos e o melhor aproveitamento dos recursos das empresas, sejam eles físicos, sejam eles humanos.

Nesse sentido, por exemplo, a utilização da inteligência artificial, softwares de gestão, Machine Learning e outras ferramentas tecnológicas serpa a base para que se possa produzir mais e melhor, tanto do ponto de vista operacional quanto do ponto de vista administrativo — visto que o sucesso empresarial depende da conjugação desses dois pilares.

Vanessa Vale destaca que os principais impactos gerados pelas finanças 4.0 — e pelo cenário de inovação, de forma geral — se relacionam com a possibilidade de os profissionais serem mais bem aproveitados em suas funções, prestando serviços de maneira mais estratégica e inteligente, menos mecânica e repetitiva.

Nesse novo cenário, profissionais que atuam na gestão financeira terão um papel ainda mais estratégico, utilizando toda a capacidade e agilidade das máquinas, e softwares para auxiliar as empresas no alcance dos seus objetivos e consolidação no mercado.

Conheça as vantagens das finanças 4.0

Uma das vantagens mais significativas desse conceito é a melhoria do relacionamento entre clientes e fornecedores de serviços financeiros. A exemplo, por meio da disponibilização ágil e estruturada dos dados financeiros, os profissionais de gestão podem se tornar ainda mais relevantes e estratégicos dentro dos negócios, oferecendo um apoio consultivo altamente valioso.

Vivemos em um momento em que a informação instantânea tem grande valor para os negócios e para o processo decisório. Os grandes executivos querem e precisam da informação, e dos dados de forma rápida, transparente e analítica. Nesse sentido, uma contabilidade mais estratégica e processos personalizados, por exemplo, permitem entregas mais alinhadas aos objetivos e necessidades dos clientes.

Além desses pontos, Vanessa Vale coloca que uma outra vantagem importante das finanças 4.0 está diretamente ligada ao desenvolvimento do ser humano. Ela afirma que, devido à evolução tecnológica e ao surgimento de novos padrões, e necessidades, em um futuro próximo, os profissionais terão competências e habilidades bem diferentes das atuais.

Entenda como se preparar para essa nova era

Qualquer processo de transformação é difícil. Romper com determinados modelos de trabalho executados há anos, ou décadas, por exemplo, pode ser extremamente complexo. Por esse motivo, planejar as mudanças e executá-las de maneira gradativa é primordial para o sucesso.

A área de Finanças sempre será um departamento-chave em qualquer organização. No entanto, esse papel deverá deixar de ser apenas operacional, como um provedor de dados, passando a ter uma feição mais consultiva, focada na solução de demandas e na atenção constante nas melhores oportunidades.

Nesse sentido, para se preparar para esse cenário de inovação gerado pela transformação digital, Vanessa Vale pontua que primeiro é fundamental que as empresas conheçam o seu negócio, entendam as suas necessidades e analisem todas as formas de agregar valor ao cliente utilizando a sua massa de dados.

O passo seguinte é a preparação de um plano. Conhecendo todos os itens acima, é possível desenhar cada fase do processo e estipular deadlines para que eles possam ser cumpridos. Essas transformações dependem do nível de maturidade das empresas tanto em termos de negócio como de sistemas.

É indispensável trabalhar internamente a cultura organizacional para que todos entendam o seu papel dentro da transformação. Em relação ao sistema, o desenvolvimento de uma plataforma na nuvem será fundamental para o sucesso dessa jornada.

Além disso, é necessário conhecer os parceiros internos e externos. Uma equipe mista tende a ter sucesso de forma mais rápido, pois unirá o conhecimento técnico interno do negócio com o conhecimento externo das melhores tecnologias e práticas aplicadas e replicadas no setor financeiro de negócios que estão mais evoluídos nessa jornada.

Qual é a importância de já começar a se preparar para essa nova era?

De maneira simples e direta, sair na frente nesse momento pode ser a chave para a geração e aproveitamento de inúmeras oportunidades. Ao que tudo indica, o cenário digital e a integração cada vez mais intensa entre os meios físicos e virtuais se firmará como o principal modelo para os negócios, o que também engloba o setor contábil e financeiro.

Assim, quem já inicia a jornada de transformação pode ter uma transição mais eficiente. Há mais tempo para implementar e desenvolver uma cultura interna, na qual os profissionais, ferramentas e recursos são mais bem aproveitados, gerando o máximo valor para o cliente.

Nesse contexto de inovação e protagonismo das máquinas, o profissional precisa se reinventar e mostrar todo o seu valor, rompendo com metodologias de trabalho mecânicas, excessivamente operacionais e assumindo uma postura mais criativa, estratégica e técnica.

A IRKO, especializada no fomento e execução da jornada de transformação digital no segmento contábil e financeiro, pode oferecer um auxílio bastante estratégico para o seu negócio. Com o apoio da tecnologia, dos dados e dos softwares, trabalhamos para que toda a informação necessária para o processo decisório esteja disponível e acessível de maneira estruturada, inteligente e pronta para gerar valor — em conformidade com as finanças 4.0.

Quer transformar o setor financeiro da sua empresa com o apoio da inovação e da tecnologia? A IRKO pode ajudá-lo. Entre em contato conosco e dê mais um passo rumo a transformação digital do seu negócio!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário